Estímulo Natural aos Hormônios
estimulo-naturtal-aos-homonios

De sintomas de TPM e menopausa a aumento de níveis de testosterona e GH, várias substâncias naturais possuem o rótulo de aumentarem e regularem os níveis hormonais, um Estímulo natural aos hormônios. Mas será que isto é verdade? A seguir, alguns compostos são listados com seus possíveis benefícios e potenciais efeitos adversos:

Maca peruana

            A maca peruana, Lepidium meyenii, é uma raiz da mesma família de vegetais crucíferos como brócolis e couve-flor. Rica em carboidratos, fibras, vitamina C e zinco, tem seu uso difundindo como indutora de aumento de níveis principalmente de testosterona.

            Apesar de disseminado poucos estudos conseguiram comprovar a sua efetividade. Em uma análise de todos os trabalhos publicados chega-se a conclusão que alguns conseguiram comprovar aumento da função sexual e libido com o uso da maca em doses maiores que 1g tanto em homens quanto mulheres. Contudo, os dados são limitados já que o número de indivíduos analisados foi pequeno, o tempo reduzido e outros estudos apontando para a direção oposta.

            Importante notar que nenhum estudo conseguiu comprovar a relação entre a maca e os níveis de testosterona dosados no sangue. Ademais, seu mecanismo de ação correlacionado com desempenho sexual parece estar ligado a ingredientes bioativos que incluem macaridina, macamidas, macaene, gluosinolatos e alcalóide de maca.

Vitex Agnus Cactus

            Cerca de 20-30% das mulheres sofrem com mal-estar, irritação, dores no corpo como resultado da tensão pré-menstrual todos os meses, e outras mulheres podem ter sintomas ainda mais debilitantes caracterizando o transtorno disfórico pré-menstrual. Assim, encontrar uma substância para auxílio de sintomas sem grandes efeitos colaterais pode significar uma grande alívio e incremento na qualidade de vida.

            E, desta forma, reconhecemos o extrato de Vitex Agnus Cactus. Pesquisadores acreditam que o vitex atua diminuindo os níveis do hormônio prolactina. Isso ajuda a reequilibrar outros hormônios, incluindo estrogênio e progesterona – reduzindo assim os sintomas da TPM. Além disso, ele possui compostos ativos, incluindo flavonóides, óleos essenciais, diterpenos e glicosídeos, com alguns destes compostos com efeito sobre os hormônios, neurotransmissores, sistema opióide, e nas vias inflamatórias e de dor.

            Os estudos corroboram com esta ideia. Apesar de ensaios clínicos com maior duração ainda sejam necessários, todos as pesquisas sustentam o uso do Vitex no controle sintomático e hormonal da TPM.         

GH

            O hormônio do crescimento humano desempenha um papel fundamental no crescimento, composição corporal, reparo celular e metabolismo. Ele também aumenta a massa muscular, a força e o desempenho nos exercícios, enquanto o ajuda a se recuperar de lesões e doenças. Assim, em adultos o GH pode desempenhar um efeito estético interessante.

            Sabe-se que a L-arginina um aminoácido, bloco construtor de músculos, quando feita de forma injetável tem efeitos importantes de incremento de GH. Seu uso oral é bem difundido entre os praticantes de atividade física mas possui mais controvérsias quanto a eficácia de aumento de GH quando comparado a forma injetável.

            Apesar de ainda faltarem estudos maiores para elucidação destas questões, as evidências demonstram resultados positivos com doses de 5g-9g de arginina oral. Dentre os mecanismos implicados neste benefício esta supressão da liberação de somatostatina, hormônio que inibe o GH. A saber, outro estímulo à produção de somatostatina é a obesidade e a alta ingesta de carboidratos, com consequente queda de GH.

            Na MMI Clinic, possuímos uma estrutura adequada e corpo clínico qualificado para avaliar suas queixas e níveis hormonais afim de indicar, caso necessite, a melhor forma de reposição hormonal. Agende sua avaliação conosco.

Escrito por Felipe Cezar Dias – CRM/PR 34055

Referências:

Cerqueira, R.O., Frey, B.N., Leclerc, E. et al. Vitex agnus castus for premenstrual syndrome and premenstrual dysphoric disorder: a systematic review. Arch Womens Ment Health 20, 713–719 (2017).

Collier SR, Casey DP, Kanaley JA. Growth hormone responses to varying doses of oral arginine. Growth Horm IGF Res. 2005 Apr;15(2):136-9.