Skincare: como devem ser os cuidados com a pele do rosto?
Skincare: como deaSkincare como devem ser os cuidados com a pele - MMI Clinic vem ser os cuidados com a pele do rosto?

Existe motivação melhor para fazer skincare do que a de prevenir o envelhecimento precoce? O tempo é inexorável, a idade só aumenta e, com isso, nossa aparência pode sofrer mudanças significativas.

Para alguns, o rosto é o nosso melhor cartão de visitas. Modelos e atores devem concordar com isso. Mas, independente da sua atividade profissional, uma pele bem cuidada é sinal de saúde, beleza natural e zelo consigo mesmo.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), os consumidores estão mais interessados nos cuidados com o rosto. 

Em 2020, comparado ao ano anterior, os cosméticos antissinais ganharam destaque na proporção de 13,4%, a procura por produtos para os olhos cresceu 16,9% e as máscaras faciais tiveram aumento nas vendas de 27,2%. 

Neste texto, você vai aprender de uma vez como ter uma rotina de skincare e quais os principais cuidados que você deve ter. Boa leitura! 

Como funciona a rotina de skincare?

Não, você não precisa seguir os 10 passos da rotina de cuidado coreana para criar a sua. 

O cuidado com a pele mais descomplicado, adaptado à realidade da maioria das pessoas e feito com regularidade faz toda a diferença. 

Confira estas dicas que podem revolucionar o seu modo de cuidar da sua pele.

1 – Sabonete facial

Lavar a pele com um sabonete específico para rosto é simples e fácil, mas percebo muitas pessoas negligenciarem. 

Há sabonetes faciais com substâncias adstringentes, capazes de retirar o excesso de sebo da pele que a predispõe a espinhas, por exemplo. 

Por outro lado, os sabonetes para as peles sensíveis possuem compostos hidratantes que são apropriados para limpar suavemente a pele das impurezas que podem provocar alergias.

Além disso, os sabonetes para o rosto podem conter ativos específicos, como o ácido glicólico. Ele estimula a  renovação celular e contribui para uma pele com uma textura melhor e com mais uniformidade. 

Atenção para uma informação importante: é mito a história de que lavagens em excesso fazem com que a pele produza mais sebo. Já foi comprovado que isso não ocorre, de fato.

E a questão da temperatura da água? 

Primeiramente, se você tem uma pele cronicamente seca, a água quente pode diminuir exageradamente os níveis de sebo ou oleosidade e agravar o problema, gerando eczemas. Então, a água mais fria é uma boa alternativa para a pele seca ou com tendência à acne.

Em segundo lugar, enquanto a água quente abre os poros, a água fria os fecha. Por isso, a água fria também é benéfica para a aparência da pele — por reduzir os poros e ‘desinchar’ o rosto.

Contudo, uma vez que a água fria fecha os poros, detritos e restos de maquiagem podem ficar presos e se tornarem difíceis de serem eliminados.

Qual o ideal então? 

A American Academy of Dermatology, portanto, recomenda lavar o rosto com água morna. É o meio termo perfeito para todos os tipos de pele. 

Outro benefício de lavar o rosto com água morna é que ela permite uma melhor absorção dos produtos para a pele, que virão nos próximos passos da skincare.

2 – Sérum de manhã

Uma boa pedida para o cuidado ideal da pele é, também, a utilização de um sérum, pela manhã. 

Com boa espalhabilidade e textura mais leve, aqui conseguimos adequar substâncias ativas, principalmente antioxidantes, aptas a neutralizar a radiação solar do restante do dia e diminuir os efeitos da poluição na pele. 

Várias outras substâncias interessantes podem ser incorporadas à rotina matutina como clareadores, niacinamida e ácidos para o controle da oleosidade. Inclusive, eles podem funcionar como primers, aplicados antes do protetor solar e da maquiagem.

3 – Protetor Solar

Sim, ele é imprescindível e necessário em, praticamente, todos os dias, haja vista que o sol é o maior vilão da pele por desencadear câncer e envelhecimento precoce. Com inúmeras apresentações, texturas e tonalidades é impossível não se adaptar com pelo menos um produto. 

A dica principal é reaplicar o protetor ao longo do dia sob a forma de pó compacto, para maior praticidade. 

Por fim, dê preferência pelas opções com cores, pois protegem mais que os protetores incolores.

4 – Ácidos noturnos

A nossa pele é capaz de se regenerar enquanto dormimos, ou seja, a noite é o momento ideal para adicionarmos à nossa rotina os ácidos sensíveis à luz solar. Eles proporcionam melhora da textura da pele, estimulam o colágeno e controlam a oleosidade. 

Destaco a tretinoína e os seus derivados, como o retinol, que são ativos menos irritantes. Não é à toa que nenhum outro agente a superou, sendo utilizada há muitos anos para a prevenção do fotoenvelhecimento cutâneo.

5 – Bônus

Sempre recomendo aos pacientes terem à mão algum hidratante para restaurar rapidamente a barreira da pele. Mesmo algumas substâncias da rotina básica de skincare podem irritar a pele, principalmente nos primeiros dias de uso.

A propósito, os óleos faciais podem proporcionar efeitos interessantes, desde que sejam bem incorporados ao tratamento. Existem opções como o de uva, com potencial antioxidante, o óleo de rosa mosqueta, como hidratante, e o de melaleuca, que é antisséptico e anti-oleosidade. 

Procure sempre orientação profissional sobre quais os produtos mais indicados para você.

Skincare: principais cuidados

Será que seguir esse ritual garante uma pele impecável até a idade avançada? A resposta é não, mas, se você negligenciar a rotina de skincare, a sua pele pode chegar a um estado irreversível — com melasmas, cicatrizes de acne, entre outros. 

Sempre verifique a validade dos produtos

Antes de aplicar os cremes ou séruns, atente se eles estão no prazo de validade e se possuem boa aparência e consistência. Se possível, leia os rótulos e, com ajuda profissional, entenda as funções dos ingredientes para avaliar se valem a pena para você.

Faça skincare com intencionalidade

Não adianta comprar qualquer produto por compulsão. Adquira aqueles que servem para:

  • pele ressecada ou com rugas: hidratantes;
  • pele oleosa: produtos secativos;
  • pele opaca e sem vida: antioxidantes;
  • pele irritada ou sensível: agentes calmantes.

Fique de olho em outros sinais

Mesmo com todo esse cuidado diário, é possível que a pele desenvolva rugas, manchas, alergias, entre outros. Para melhorar alguns desses aspectos, você pode começar um tratamento com injetáveis, que estimulam o colágeno, como ácido poli-l-láctico.

A rotina de skincare serve para deixar a sua pele do rosto íntegra e da forma como ela é por mais tempo. Todos nós nascemos com um belo ‘cartão de visitas’, cuide para que ele perdure.

Deseja realizar algum procedimento estético na região da face? Ficaremos felizes em receber você! 

Escrito por Felipe Cezar Dias CRMPR/34055