Como os hormônios atuam na calvície masculina
Como os hormônios atuam na calvície masculina

O que acontece na alopecia androgenética em homens é que uma enzima chamada de 5-ALFA REDUTASE, encontrada dentro e ao redor dos folículos pilosos, especialmente na papila dérmica, converte o andrógeno testosterona relativamente inativo em uma forma mais potente, o DHT (Di-hidrotestosterona).

Uma vez formado, o DHT tem a capacidade de se ligar a qualquer receptor de andrógeno nos folículos capilares.  A testosterona também pode atuar sobre os folículos, mas seu efeito para causar queda dos cabelos é mais fraco.

Com a interação desses dois hormônios e seus receptores no folículo, os cabelos que cobrem o couro cabeludo sofrem algumas alterações que resultam na miniaturização dos fios ou calvície de padrão masculino. Com o tempo os ciclos de crescimento dos fios que são produzidos pelos folículos capilares ficam mais curtos, com redução da fase anágena (crescimento). As fases catágena (intermediária) e telógena (queda e repouso) permanecem iguais.

Os folículos afetados pela presença dos hormônios produzem fios cada vez mais finos, curtos e frágeis.

Fonte: Clínica Dr. Leandro Ribeiro Mauro

Entre em contato conosco e saiba mais.

Dr. Felipe Cezar Dias CRM-PR 34055

Membro da Sociedade Brasileira do Cabelo e da International Dermoscopy Society.[/et_pb_text][et_pb_button button_url=”http://mmiclinic.com.br/artigos/” button_text=”Ver outras postagens” _builder_version=”3.21″ custom_button=”on” button_text_size=”18px” button_text_color=”#000000″ button_border_width=”2px” button_border_radius=”13px” button_font=”||||||||” global_module=”2225″][/et_pb_button][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]