MMI Clinic
Abrir Fechar

Você já ouviu falar no bioestimulador de colágeno? Essa técnica tem conquistado cada vez mais espaço no universo da estética, oferecendo resultados eficazes na busca pela firmeza e juventude da pele. 

Vamos explorar, de forma detalhada, os benefícios, procedimentos e demais informações cruciais sobre o bioestimulador de colágeno. Possui interesse? Continue lendo!

Para que serve o bioestimulador de colágeno?

O colágeno é uma proteína produzida para promover a sustentação e firmeza da pele. Porém, a partir dos 25 anos, sua produção começa a reduzir gradativamente.

Junto a essa diminuição, a pele começa a ter os primeiros sinais de envelhecimento, como rugas e linhas de expressão.

Por isso, o bioestimulador tem como principal função estimular a produção natural de colágeno, renovando a disponibilidade da proteína para a epiderme.

Veja tambémFirmeza, elasticidade e sustentação para sua pele: conheça o colágeno

Quanto tempo dura o efeito do bioestimulador de colágeno?

Os efeitos podem perdurar de dois a três anos, especialmente quando são realizadas sessões adicionais que estimulem mais a produção de colágeno e elastina, garantindo uma melhora contínua na elasticidade e firmeza da pele.

O procedimento começa a gerar efeitos em aproximadamente um mês após a primeira aplicação, dando início à formação de novo colágeno. Esse processo continua ao longo de 9 a 12 meses.

A durabilidade dos resultados é uma das vantagens marcantes do bioestimulador de colágeno. 

Qual o valor do bioestimulador de colágeno?

O custo do bioestimulador de colágeno varia conforme a quantidade necessária e a área a ser tratada.  

Agendar uma avaliação é o primeiro passo para obter uma abordagem personalizada e informações precisas sobre os custos do procedimento no seu caso.

Quais os riscos do bioestimulador de colágeno?

Embora seja considerado seguro, o bioestimulador de colágeno, como qualquer procedimento injetável, pode apresentar certos riscos ou efeitos colaterais, como:

  • Inchaço temporário;
  • Vermelhidão no local da aplicação;
  • Nódulos na região, em alguns casos.

Normalmente, esses efeitos costumam se resolver em até uma semana. Não deixe de avisar o profissional sobre possíveis alergias e medicamentos que está utilizando para uma aplicação segura.

Como fica o rosto depois do Bioestimulador?

Após o procedimento, embora seja possível notar uma melhora em 2 ou 3 dias, o volume inicial é reabsorvido, e os benefícios a longo prazo se manifestam com o passar do tempo. Algumas características notáveis incluem:

Melhora gradual 

A transformação mais significativa acontece de maneira gradual. Ao longo das semanas e meses, os fibroblastos, células que produzem colágeno, são estimulados, promovendo uma melhora contínua na pele.

Pele mais firme e jovem

À medida que o colágeno é estimulado, a pele adquire uma aparência mais firme e rejuvenescida. Rugas e linhas de expressão tendem a ser suavizadas, conferindo uma textura mais jovem e saudável.

Naturalidade preservada

Uma das vantagens da técnica é a preservação da naturalidade facial. Ao contrário de procedimentos que podem gerar resultados exagerados, o bioestimulador de colágeno mantém a expressão original do rosto.

Quantas sessões de bioestimulador são necessárias?

Para otimizar os resultados, geralmente, são recomendadas três a quatro sessões de bioestimulador de colágeno. 

Além disso, o intervalo de 30 a 60 dias entre as sessões permite uma melhora progressiva da pele, alcançando a plenitude dos efeitos desejados.

O que é melhor: bioestimulador ou Botox?

Ambos oferecem resultados impressionantes, mas a escolha depende, na maioria, dos objetivos individuais.

Bioestimulador de colágeno

Seus ativos são injetados diretamente na pele, desencadeando a produção de colágeno.

Indicado para diversas finalidades, como preencher áreas flácidas, suavizar linhas de expressão e corrigir cicatrizes, o bioestimulador proporciona resultados visíveis após cerca de 1 mês.

Botox

A toxina aplicada, chamada de toxina botulínica, age relaxando e paralisando os músculos faciais, reduzindo linhas de expressão e rugas. 

É indicado tanto como tratamento preventivo, evitando novas rugas, quanto para amenizar marcas já existentes. A aplicação é praticamente indolor, e os resultados surgem entre dois e cinco dias, durando de três a quatro meses.

Desse modo, a decisão entre esses procedimentos depende dos objetivos específicos. Se a busca é por firmeza e rejuvenescimento, o bioestimulador é a escolha ideal. Por outro lado, se o foco é suavizar rugas e linhas de expressão, o Botox se destaca.

Em muitos casos, uma combinação personalizada de ambos pode oferecer benefícios sinérgicos, proporcionando resultados abrangentes e duradouros.

O que é melhor: Skinbooster ou bioestimulador?

O Skinbooster é reconhecido por proporcionar uma hidratação profunda da pele, sendo especialmente indicado para casos de:

  • Opacidade;
  • Rugas;
  • Ressecamento;
  • Pele áspera.

Este tratamento atua como um impulsionador da hidratação, deixando a pele mais radiante e revitalizada. 

Já o bioestimulador é ideal para outras ocasiões mais profundas, como o estímulo à produção de colágeno para elasticidade da epiderme. 

Assim como no Botox, o bioestimulador de colágeno e o Skinbooster também podem ser utilizados em conjunto para resultados estéticos muito satisfatórios.

Como é aplicado o bioestimulador de colágeno?

Para efetuar o procedimento, utiliza-se uma micro-agulha que penetra na pele, chegando até a derme (camada que fica logo abaixo da epiderme) e libera um composto que estimula os fibroblastos a produzirem o colágeno.

O bioestimulador de colágeno é composto de quê?

Normalmente, podem ser usadas as seguintes substâncias para essa finalidade de rejuvenescimento: 

1. Hidroxiapatita de Cálcio

A Hidroxiapatita de Cálcio é uma substância composta por microesferas desse mineral. Utilizada principalmente pelo bioestimulador Radiesse®, é particularmente eficaz para tratar sinais de envelhecimento, como flacidez e perda de volume facial.

2. Ácido Poli-l-lático

É uma substância sintética utilizada principalmente no Sculptra®. O ácido poli-l-lático é conhecido por seu efeito gradual e duradouro, sendo uma opção versátil para tratamentos faciais e corporais.

3. Policaprolactona

É um polímero biocompatível comumente encontrado no bioestimulador Ellansé®. Essa substância tem um efeito preenchedor mais pronunciado em comparação a outros bioestimuladores.

Especialmente indicada para pacientes que buscam atenuar sinais de queda facial e recuperar contornos.

4. Fios de PDO (Polidioxanona)

Os fios de PDO são filamentos absorvíveis feitos de polidioxanona, uma substância segura para o corpo. 

Embora não seja um bioestimulador injetável, os fios de PDO são frequentemente utilizados em procedimentos estéticos para estimular a produção de colágeno e promover um efeito lifting (uma aparência mais elevada e tonificada da pele).

Qual a durabilidade do Bioestimulador?

Os efeitos do bioestimulador de colágeno perduram até três anos.

Sessões de manutenção asseguram resultados contínuos e maximizam os benefícios do tratamento. Em resumo, o bioestimulador de colágeno emerge como uma escolha inovadora e eficaz para aqueles que desejam revigorar a pele.

Procure um especialista, explore as possibilidades e redescubra uma versão mais radiante de si mesma.

Confira nosso programa de Bem-Estar e Beleza

Acreditamos que uma abordagem integrada tem um papel fundamental na obtenção de resultados significativos e duradouros. Clique aqui e saiba mais sobre esse programa!

Para garantir que cada indivíduo receba a atenção necessária, contamos com uma equipe interdisciplinar dedicada a promover saúde e bem-estar personalizados.

Agende agora a sua avaliação para descobrir como nossos programas podem atender às suas necessidades e transformar a sua saúde!

MMI Clinic

Focamos no equilíbrio fisiológico, enxergando-o como um sistema único. Nesse caminho, contamos com uma equipe interdisciplinar capacitada em um só lugar.

Assine nossa
newsletter

Cadastre-se e receba informações exclusivas, dicas de saúde e muito mais.

    Últimos posts

    5 maiores sintomas do colesterol alto

    4 a cada 10 pessoas possuem colesterol alto no Brasil. Entenda os sintomas do colesterol alto, o que é, tipos, 5 maiores causas, como prevenir e muito mais.

    Emagrecimento Saudável 12 de abril de 2024

    Síndrome metabólica: o que é, causas e como prevenir

    Entenda tudo sobre a síndrome metabólica, uma das condições mais comuns na atualidade. Entenda o que é, suas causas, como diagnosticar e quando se preocupar.

    Emagrecimento Saudável 11 de abril de 2024

    Gordura localizada: principais causas e como tratar

    Você tem dúvidas de como eliminar os “pneuzinhos”? Entenda o que é a gordura localizada, as 5 maiores causas, em quais regiões se concentra e como eliminar.