Como anda a dieta para acne?
Como anda a dieta para acne

Você sabia que a acne é inexistente em populações da Nova Guiné e do Paraguai, onde as dietas são baseadas em processamento mínimo alimentar de plantas e animais? Isto sugere que um estado de hiperinsulinemia (aumento do hormônio insulina) esteja associada há uma cascata endócrina responsável pela acne.

Índice glicêmico é o número que mede o aumento da glicose no sangue causada por um carboidrato. Resumidamente, um alto teor glicêmico na dieta leva a hiperinsulinemia que inicia uma cascata de sinalização resultando no aumento do fator insulina like (IGF-1). O IGF-1 é conhecido por estimular a patogênese da acne, incluindo a proliferação de queratinócitos, proliferação de sebócitos e a lipogênese. Além disso, tanto a insulina como o IGF-1 aumentam a produção endócrina de androgênios (hormônios sexuais), tanto das gônadas como da adrenal, diminuem a síntese de SHBG e inibem receptores androgênicos, levando ao aumento da biodisponibilidade dos androgênios que culminam com aumento da produção de sebo. Portanto, sim, a dieta pode influenciar a acne.

Troque isso:

  • Leite (desnatado também)
  • Amendoim (em excesso)
  • Chocolate (em excesso)
  • Refrigerantes
  • Junk food

Por isso:

  • Frutas cítricas (Vitamina C)
  • Alimentos integrais
  • Frutos do mar (Zinco)
  • Castanha de caju (Zinco)
  • Ômega 3 (antioxidante)
  • Probióticos
  • Spirulina

Fonte: J Am Acad Dermatol. 2014 Dec;71(6):1039.e1-1039.e12. Diet in dermatology: Part I. Atopic dermatitis, acne, and nonmelanoma skin cancer. Bronsnick T, et al.