Depressão

O termo depressão engloba um amplo espectro de pensamentos negativos cuja patogênese é complexa e variável.

 

Além dos fatores psicológicos já reconhecidos, recentes estudos ligam a depressão a distúrbios metabólicos como inflamação, resistência à insulina, estresse oxidativo e disfunção mitocondrial.

 

E ainda, o papel de hormônios na depressão é considerável, incluindo hormônios do estresse e hormônios sexuais. Muitas pessoas que sofrem com depressão podem ter desbalanços hormonais, que contribuem para os sintomas. 

A tendência convencional da Medicina é apostar todas as fichas em drogas psicoativas que manipulam a química do cérebro.

 

As taxas de sucesso giram em torno de 50% ou menos, com efeitos colaterais importantes. Reconhecemos a natureza complexa da depressão e defendemos uma estratégia que inclui mudanças ativas de hábitos de vida, terapia comportamental, restauração hormonal quando necessária, e terapia nutricional guiada para complementar a medicação e balancear a neuroquímica de forma integral.

mmi-depressao-1