Estratégias para desinchar

Sentir-se inchada ou com retenção de líquidos é muito comum, sobretudo em períodos que antecedem a menstruação ou em dias que sucedem uma alimentação não usual. E isso é facilmente entendido se considerarmos que 60% do nosso corpo é composto de água e podemos ter uma variação em um único dia de até 2 kg de peso por conta dela. 

Apesar de raramente significar problemas mais sérios, especialmente no coração ou fígado, a retenção de líquidos pode ser bastante incômoda. A seguir algumas dicas de como se livrar do excesso de líquidos no corpo.

1. Diminuir o sal

Há evidências robustas de que a ingestão excessiva de sal está associada a efeitos deletérios, incluindo hipertensão, danos renais e à saúde cardiovascular. Isto porque o sódio (sal) está intimamente relacionado ao funcionamento dos rins, se ligando a água no controle de fluidos dentro e fora das células.

Desta forma, muito sódio ou sal pode causar retenção imediata de água, já que o corpo precisa manter sua proporção de sódio – água equilibrada para funcionar corretamente.

Segundo a OMS, o consumo de sal não deve ultrapassar 5 gramas por dia — ou 2 gramas de sódio. Só que o brasileiro ingere quase o dobro disso: em média 9,34 gramas.

Isso pode acontecer devido ao fato de que muito do sódio alimentar está oculto nos alimentos processados. Estes incluem queijo, embutidos, pão, refeições congeladas, misturas para sopas e snacks salgados.  

Alimentos naturais, como vegetais, nozes e sementes, são muito pobres em sódio. Alguns alimentos podem até reduzir os níveis de sódio, incluindo bananas, abacates e vegetais folhosos.

2. Evite carboidratos refinados 

Comer carboidratos refinados leva a picos rápidos nos níveis de açúcar no sangue e insulina. Altos níveis de insulina fazem com que o corpo retenha mais sódio, e como vimos anteriormente, isso leva a um aumento na reabsorção de água.

Aliás, isso também tem relevância em um contexto global de saúde. Sabemos que indivíduos resistentes à insulina e obesos têm uma maior incidência de pressão alta, doença relacionada ao volume de líquidos nas artérias.  

Portanto, pode-se esperar que a regulação normal da reabsorção renal de sal, água e outros nutrientes seja alterada nesses indivíduos.

Exemplos de carboidratos refinados incluem açúcares e grãos processados, como açúcar de mesa e farinha branca.

3. Ingerir Suplementos

A vitamina B-6 e o ​​óxido de magnésio podem ser remédios naturais eficazes para a retenção de líquidos. Esses suplementos atuam com os rins para ajudar o corpo a eliminar o excesso de água e sódio.

Estudos mostram que esses dois suplementos são eficazes no alívio dos sintomas da síndrome pré-menstrual ou TPM, incluindo a retenção de líquido. Eles também podem reduzir o inchaço abdominal, o inchaço nas pernas e a sensibilidade mamária. 

4. Diurético natural

As propriedades diuréticas do Taraxacum officinale (extrato de dente-de-leão) estão descritas, com as folhas desta planta sendo utilizadas para esse fim na medicina tradicional chinesa; em francês, um nome comum para T. officinale é pissenlit, que significa, literalmente, fazer xixi na cama, singela homenagem às propriedades diuréticas da planta.

Seus efeitos parecem estar relacionados à alta concentração de potássio no extrato que elimina o sódio (e a água) para estabelecer o equilíbrio de minerais no rim. 

Um estudo realizado em 2009 observou resultados ‘promissores’ em relação a essas propriedades diuréticas, mas que estudos adicionais precisam ser realizados para avaliar a eficácia da planta.

Na MMI Clinic temos uma equipe capaz de avaliar as causas e indicar o tratamento correto para o sintoma de retenção de líquidos. Agende sua consulta conosco.

Escrito por Felipe Cezar Dias – CRM/PR 34055

Referências: 

Oppelaar JJ, Vogt L. Body Fluid-Independent Effects of Dietary Salt Consumption in Chronic Kidney Disease. Nutrients. 2019;11(11):2779. Published 2019 Nov 15. doi:10.3390/nu11112779

 Tiwari S, Riazi S, Ecelbarger CA. Insulin’s impact on renal sodium transport and blood pressure in health, obesity, and diabetes. Am J Physiol Renal Physiol. 2007 Oct;293(4):F974-84.

Ebrahimi E, Khayati Motlagh S, Nemati S, Tavakoli Z. Effects of magnesium and vitamin b6 on the severity of premenstrual syndrome symptoms. J Caring Sci. 2012 Nov 22;1(4):183-9.

Clare BA, Conroy RS, Spelman K. The diuretic effect in human subjects of an extract of Taraxacum officinale folium over a single day. J Altern Complement Med. 2009 Aug;15(8):929-34.

I. Hook, A. McGee & M. Henman (1993) Evaluation of Dandelion for Diuretic Activity and Variation in Potassium Content, International Journal of Pharmacognosy, 31:1, 29-34,