Melatonina para o cabelo?

À procura de tratamentos alternativos para alopecia androgenética, a melatonina, antioxidante potente e moduladora de crescimento, foi identificada como sendo uma candidata promissora como auxiliar no tratamento da queda de cabelo.

A causa da alopecia androgenética parece envolver, além de fatores hormonais, micro inflamação folicular e fibrose. Estas, podem ser causadas por uma flora microbiana resistente, nos casos de seborreia, estresse oxidativo e outros fatores, como processo de envelhecimento, radiação ultravioleta, hábito de fumar e poluentes do ambiente.

Esses fatores estressantes levam a uma inflamação com formação de radicais livres, que não são mais neutralizados pelos mecanismos de defesa, resultando em dano ao folículo capilar. Isso foi recentemente comprovado pela demonstração de que células formadoras de colágeno da papila folicular exibiam uma sensitividade ao estresse oxidativo maior em pacientes com alopecia.

Nesse sentido, a melatonina surgiu como uma possível adjuvante ao tratamento, atuando na neutralização do estresse oxidativo associado à queda de cabelo.

E mais, de acordo com recentes estudos, a pele tem mostrado um sistema enzimático melatonérgico, que expressa integralmente enzimas necessárias para a biossíntese da melatonina, além disso, as células da pele expressam receptores para melatonina, que estão envolvidos na proliferação e diferenciação celular.

Não parando por aí, tudo indica ainda que a melatonina tem efeitos anti-androgênicos, ou seja, modula a perda capilar hormonal. Em suma, a ação da melatonina em solução tem demonstrado boa tolerabilidade em diversos estudos e, por conta do seu benefício ao crescimento capilar representa uma possível opção para retardar o envelhecimento capilar, a queda de cabelo de modo geral, e para o tratamento de alopecia androgenética em homens e mulheres.

Fonte: Fischer TW, et al. Topical melatonin for treatment of androgenetic alopecia. Int J Trichology. 2012 Oct-Dec; 4(4): 236–245.

Hautarzt. 2009 Dec;60(12):962-72. The influence of melatonin on hair physiology. Fischer TW

 

Entre em contato conosco e saiba mais.

Dr. Felipe Cezar Dias CRM-PR 34055

Membro da Sociedade Brasileira do Cabelo e da International Dermoscopy Society.[/et_pb_text][et_pb_button button_url=”http://mmiclinic.com.br/artigos/” button_text=”Ver outras postagens” _builder_version=”3.21″ custom_button=”on” button_text_size=”18px” button_text_color=”#000000″ button_border_width=”2px” button_border_radius=”13px” button_font=”||||||||” global_module=”2225″][/et_pb_button][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]