Qual a função da Vitamina C para Imunidade?
mmi-clinic-Imunidade vitamina c

A vitamina C é um micronutriente essencial para humanos sendo há muito tempo relacionada ao nosso sistema de defesa. A vitamina C contribui para a defesa imunológica, apoiando várias funções celulares tanto do sistema imunológico de ação imediata quanto o  adaptativo, que precisa ser exposto a um patógeno para ser ativado.

            Nas células do sistema imune como os neutrófilos ela pode melhorar o recrutamento de células, o mecanismo de captura de microorganismos, a geração de espécies reativas de oxigênio e, finalmente, a morte microbiana. Também é necessária para a remoção de restos inflamatórios realizando uma “limpeza” local evitando possíveis danos aos tecidos.

            O papel da vitamina C, em outras células como os linfócitos é menos claro, mas ela demonstrou aumentar a diferenciação e proliferação de células B e T, provavelmente devido a seus efeitos reguladores de genes. Assim sendo, uma deficiência de vitamina C resulta em uma imunidade prejudicada.

            Além disso, a suplementação com vitamina C parece ser capaz de prevenir e tratar infecções respiratórias e sistêmicas. O efeito profilático da vitamina C requer uma ingestão que forneça pelo menos níveis no sangue adequados. Por outro lado, o tratamento de infecções estabelecidas requer doses significativamente mais altas (gramas) da vitamina para compensar o aumento da resposta inflamatória e da demanda metabólica.

            No geral, a vitamina C parece exercer uma infinidade de efeitos benéficos nas funções celulares do sistema imunológico inato e adaptativo. Embora a vitamina C seja um potente antioxidante que protege o corpo contra moléculas oxidativas, é provável que sua ação como co-fator para inúmeras enzimas tenha um papel fundamental em seus efeitos de modulação imunológica.

            Assim, é aparente que a vitamina C é necessária para o sistema imunológico montar e sustentar uma resposta adequada contra patógenos, evitando danos excessivos ao hospedeiro. A vitamina C parece ser capaz de prevenir e tratar infecções respiratórias e sistêmicas, melhorando várias funções das células imunes.

            Estudos epidemiológicos indicam que a deficiência da vitamina C ainda é relativamente comum nas populações ocidentais. Os motivos incluem ingestão reduzida combinada com reservas limitadas do corpo. Necessidades crescentes ocorrem devido à poluição e tabagismo, combate a infecções e doenças com componentes oxidativos e inflamatórios, por exemplo, diabetes tipo 2.

            Desta forma, garantir a ingestão adequada de vitamina C por meio da dieta ou via suplementação, especialmente em grupos como idosos ou indivíduos expostos a fatores de risco para insuficiência de vitamina C, é necessário para a função imunológica adequada e resistência a infecções.

Referências:

Gombart, A.F.; Pierre, A.; Maggini, S. A Review of Micronutrients and the Immune System–Working in Harmony to Reduce the Risk of Infection. Nutrients 202012, 236.

Carr, A.C.; Maggini, S. Vitamin C and Immune Function. Nutrients 20179, 1211.

Holmannova D, Kolackova M, Krejsek J. Vitamin C and its physiological role with respect to the components of the immune system. Vnitrni lekarstvi. Oct 2012;58(10):743-749.

Hemila H, Chalker E. Vitamin C for preventing and treating the common cold. The Cochrane database of systematic reviews. 2013;1:Cd000980.