Alimentação para quem malha: 4 trocas saudáveis para fazer já!
Alimentação para quem malha 4 trocas saudáveis para fazer já

É sempre bom lembrar que a prática regular de atividades físicas deve andar de mãos dadas com a alimentação. Consumir o alimento certo antes e depois dos exercícios traz benefícios para o corpo, ajuda na queima de gordura e na manutenção da massa muscular. Por isso, é um equívoco esperar bons resultados do treino se não há alimentação adequada para as práticas.

Apesar de cada organismo e cada tipo de atividade física exigir uma determinada dieta, de um modo geral, alguns itens favorecem o treino – e a saúde sente esse impacto. São preferíveis os alimentos naturais porque são as melhores fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes. Além disso, cereais integrais e com baixo índice glicêmico evitam o acúmulo de gorduras, o que favorece os praticantes de atividades físicas que buscam a redução ou manutenção do peso corporal.

Antes e depois dos exercícios é importante comer alimentos que ofereçam os nutrientes certos para o organismo ter energia e se recuperar. Veja o que você pode substituir para otimizar o treino!

Antes de malhar

Chocolate por fruta: tem gente que come doce antes de ir para a academia por conta do açúcar. Mas o certo mesmo é escolher e consumir uma fruta. Opções como a laranja – inteira – e a maçã são opções legais porque têm baixo índice glicêmico. Isso significa que o açúcar desses alimentos chega à corrente sanguínea bem devagar e induz o organismo a utilizar a gordura como fonte de energia na hora de um exercício aeróbico de longa duração (corrida) ou em uma atividade de alta intensidade e com curta duração, como a musculação. O ideal é comer a fruta cerca de uma hora antes da prática do exercício.

Pão branco por pão integral: é a mesma regra da troca de chocolate por frutas. O pão integral dá energia, mas tem baixo índice glicêmico – diferente do pão tradicional feito com farinha branca. Mais uma vez, uma hora antes de iniciar a atividade física é o tempo ideal de consumo.

Depois de malhar

Isotônicos por suco de fruta: para acelerar o processo de recuperação dos músculos e se hidratar, sucos de fruta desempenham um papel bem interessante, uma vez que são fontes de energia rápida e saudável. Recomenda-se ingerir a primeira dose de carboidratos de rápida absorção, como um suco de frutas, até 30 minutos depois do treino. É importante saber que o corpo leva até 24 horas para se recuperar de uma atividade muscular intensa, por isso, é necessário fazer intervalos de descanso entre as atividades e priorizar uma alimentação saudável, pois ela fornecerá o que o organismo precisa para sua recuperação.

Arroz branco por arroz integral: a regra vale para todos os cereais. As opções integrais são ótimas fontes de energia para o organismo, ajudam a recuperar os músculos e são mais nutritivos que as versões não integrais. Para quem deseja emagrecer, o ideal é estender o intervalo entre treino e refeição por até 60 minutos.

Entre em contato conosco e saiba mais.

Dr. Alexandre Kaue Sakuma CRM-PR 34966[/et_pb_text]